Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

O formidável ipê amarelo

Imagem
Há mais de dez anos tenho notado uma árvore muito interessante na vegetação pantaneira, falo do ipê amarelo. Enquanto a paisagem está seca e mostra sinais de agonia por causa da falta do líquido indispensável à vida - a água, ele está lá imponente, deslumbrante a dourar o panorama.

O sol de um tom avermelhado quase sem brilho, forceja em irradiar seus raios através do céu cinzento pela fumaça das queimadas. O mato seco de um tom amarelo-palha, furtado do verde exuberante que possuia, agoniza na sequidão. A vegetação parece falar que a morte inevitavelmente virá a ela. Pode-se ver exemplares bovinos magérrimos tentando saciar a fome com o que resta das verdejantes pastagens. Até ele, o ipê amarelo, perde todas as suas folhas ficando completamente despido. O cenário é demasiadamente desolador. A natureza não convida ninguém para admirá-la.
No entanto, esse sórdido cenário se muda totalmente com o florescer do ipê amarelo. Suas flores se abrem pregando a mensagem da esperança. Elas a…